im fucked.

fevereiro 14, 2016

Essa é dedicada a todos que um dia eu conheci e conheço.
Saibam que, eu tenho a mania de, mesmo que você seja uma pessoa inesquecível, durável e verdadeira em minha vida, eu vou te ignorar alguma hora.
Não porque eu queira ou porque tenha algum motivo, eu só acho que não há razão ou circunstâncias para eu parar a tua vida para que tu possa me escutar, me sinto a pessoa que mais incomoda todos, e sim, talvez isso seja ridículo e um pouco depressivo, mas, desde cedo senti isso, e as pessoas me transmitiam que eu não fazia nada bem a elas.
Eu era alguém que estava lá porque tinha que estar lá, não porque queriam.
(E os meus porquês estão errados. Eu sei.)
Você não pode esperar muito de mim, tenho sérias crises de julgamento...
dos outros, claro.
Sou antipática, quieta, introvertida, arrogante.. e por aí vai, claro que, na boca dos outros.


Mas sou quieta mesmo. E as vezes prezo pelo meu silêncio, pela minha quietude, pela minha brandura.
Me desculpe se passo horas online na sua lista, se te vejo em algum lugar, se eu te falo um oi apenas, se te curto apenas, se não te respondo.
É que... eu não sei ser alguém direito ainda, passo vergonha, medo e raiva.
Sou deslocada, e prefiro que entenda que, eu não te quero mal, te quero muito bem mesmo, te quero perto, mas eu não sei te perguntar como a vida tá, pois eu sou aquela pedrinha incômoda que te sola o dedo do pé.


 
FREE BLOG TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS