I don't care

janeiro 25, 2011

 Eu não me importo sobre o que pensam de mim. Eu não me importo se acham graça quando eu passo. O que me importa é se estou feliz. E eu estou.
 Eu não me importo se ao ir dormir poucos me surpreendem com um boa noite. Não me importo em não ser popular. Não me importo se falam grosso comigo, porque o que eu mais quero é ser feliz. E eu sou.
 Eu não me importo se não estou apaixonada ou se ninguém suspira ao me ver. Não me importo com olhares atravessados, preconceitos exacerbados ou um dedo apontado para mim. Eu simplesmente, não me importo.
 Eu diria que me importo com algo a mais, mas aí o que eu disse antes não terminaria com algum sentido. Mas é... eu me importo. Me importo com o que você pensa ao ler minhas palavras, com o que você pensa ao ver meu sorriso. Me importo ainda mais do que você sente ao me abraçar e quando eu estou contigo. Me importo muito mais quando você declara que sonhou comigo e eu queria tanto saber o que sonhastes. Eu me importo.
 Só que meu sorriso exagerado na cara não se importa se você realmente se importa com tudo isso. Porque eu me importo não me importando.

53° Edição Musical - Nota: 9,7 - 3° lugar
----------------------------------------------------------------------------------


Conselhos.

janeiro 21, 2011

 É meio incessante essa minha busca por paz. Uma palavra, tanta coisa. Quando algo me inquieta, eu procuro resolver, remoer o assunto, pensar, pesar os prós e contras, e decidir por fim. É um costume. Eu faço isso porque eu procuro essa paz, essa paz que eu tanto quero. Paz. Ou seria liberdade? Não sei, mas é a mistura de tudo isso.
 Eu resolvi pendências do meu coração, resolvi dúvidas, acelerei um sorriso, me forcei a seguir, olhar e me redimir ainda mais quando eu estiver errada. Eu aprendo com isso, assim como ensino. E nisso de ensino vem os conselhos. Os conselhos que eu amo dar, de verdade, mas não quero que isso seja a escolha de alguém, porque é duro ver depois que seu conselho não funcionou. E que muitas vezes até machucou alguém.
 Me pedem conselhos, como quem pedem um copo de água. Eu levo numa boa, porque EU GOSTO. É mais por gostar do que por ajudar. É. Admito. É por saber que a pessoa me escuta e que eu posso ser ouvida a qualquer hora. Mas isso tem um preço, não é? Sim. Minha cabeça...
  Rodei nesses assuntos pra chegar a um. Eu me resolvi. Percebi que meu coração está livre. EM PAZ E LIVRE. (Entendeu?) E que eu posso dar conselhos sem me envolver, como eu fazia antes. Eu posso abraçar sem me preocupar. É mais isso do que qualquer coisa.
  E só pra lembrar : EU TE AMO, MELHOR AMIGO ♥. Foi você que me ajudou nisso tudo. (Mesmo sem perceber.)



----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
#Dia 14
- Um local que te transmita paz de espírito
  Praia e um abraço qualquer.

Será sempre você

janeiro 16, 2011

E ao fechar os olhos, percebo-te ai, me esperando, quieto e sereno. Te sinto, não vejo.
Eu toco sua mão e você fecha a minha sob a sua, tão fácil, quente.
Ergo-me e te abraço, ainda com os olhos fechados,não te vejo, eu te sinto.
Teu perfume, um cheiro seco de floresta, combinado com o seu próprio cheiro, doce delírio.
Abro os olhos, vejo a cor de teus cabelos, mel, fel, suave e bagunçado.
Estou no céu? Não, é só você do meu lado, meu anjo da guarda, meu menino real.
Seu riso estronda o ar, me arrepio, doce melodia sonora que me faz suspirar.
Teus lábios?Fascínio. Nosso beijo, entre borboletas e ofegos.
Você está aqui e eu te vejo, te sinto...Te amo.
É você ♥


----------------------------------------------------------------------------
#Dia 13
- Algo sem o qual não conseguirias viver
  Amor, fé, esperança e coragem de lutar.

Away

janeiro 11, 2011



Eu vou embora.
E você não estará aqui para me ver.
Eu irei dormir por um tempo indeterminado.
E você não poderá me acordar novamente.

As batidas do meu coração estão calmas.
E silenciam pouco a pouco com um zumbido no ar.

Manchas coloridas interrompem minha visão.
Minha respiração está curta.
E você não irá apreciar isso.

Você não estará.
Eu não o verei.
Acabou.

Um último suspirar...
Fecho os olhos.Vou dormir. Estou cansada.
Mas é triste, porque você não estará comigo.
Para me ver. E sentir.





----------------------------------------------------------------------
#Dia 12
- Algo que te deixe sem palavras
  Generosidade, cumplicidade, declarações públicas, mãos juntas, pés descalços na areia da praia, sinceridade, obrigado, de nada, amor...


New year old

janeiro 07, 2011

 Você, assim como eu , deve ter passado por o fim de algo - namoro, amizade, escola, mudanças - ou algum ciclo.
 O que se perdeu? O que se ganhou?
 O fim, o começo, o recomeço e o retrocesso.
 2010 foi um ano de perdas e ganhos, como qualquer um outro. Me despedi da escola, dos colegas, dos intervalos agitados, dos eternos flertes mal feitos, dos professores, dos risos frenéticos, da monotonia.
 Me joguei na rotina, no trabalho, no futuro.
 Me retirei do coração, das emoções e da eterna paixão.
 Conquistei o desamor, o desapego, a não saudade, a maior sinceridade.
 Me revirei por dentro me descobrindo, redescobrindo e conhecendo lugares nunca vistos em mim.
 Minha capa da timidez diminuiu, meu sorriso floresceu, mas acabaram surgindo pontos finais demais.
 Um ano, mais um ano e mesmo que eu fale que haverá um recomeço, não é certo, porque eu continuarei sendo eu com as mesmas lembranças.
 Datas não marcam nada, sentimentos sim.




#Dia 11
- Algo que gostavas de saber/aprender
 Inglês, matemática do segundo grau, notas, nomes, cores novas, personalidades...



 
FREE BLOG TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS